© 2016 Cardio&Saude

Cardio-Oncologia: abordagem conjunta de doenças do coração associadas ao tratamento oncológico

July 6, 2017

 

Aproximadamente 20 milhões de pessoas no mundo são sobreviventes ao câncer. Essa informação demonstra que os constantes avanços no tratamento da doença tem proporcionado expressivo aumento nas taxas de cura. Campanhas de incentivo à realização do diagnóstico precoce, uso de novas drogas quimioterápicas mais eficazes, incluindo as imunoterápicas, radioterapia avançada, procedimentos cirúrgicos específicos têm contribuído significativamente para o sucesso terapêutico.

 

Entretanto, mesmo com a eficácia do tratamento, ele pode também trazer perigos ao coração, devido aos efeitos colaterais das drogas que podem afetar o sistema cardiovascular (cardiotoxicidade). As doenças cardiovasculares lideram as causas de morbidade e mortalidade entre os pacientes oncológicos, depois das complicações relacionadas à própria doença.

Pacientes sobreviventes ao câncer necessitam de acompanhamento cardiológico durante toda a vida, para controlar eventuais situações diagnosticadas durante ou após o tratamento oncológico. Quanto antes o acompanhamento cardiológico for iniciado, menores serão os riscos e maiores os benefícios. O trabalho em conjunto de cardiologistas e oncologistas visa otimizar o tratamento do câncer, proteger a saúde do coração e ampliar os cuidados voltados ao paciente.

 

E como o cardiologista dá suporte ao oncologista antes, durante e após o tratamento do câncer ?

Muitas situações fazem parte desta rotina, caso o paciente tenha que ser submetido à quimioterapia, radioterapia ou cirurgia:

 

Antes do tratamento

- Avaliação de risco cirúrgico pré-operatório.

- Estratificação de risco de toxicidade (drogas e/ou quimioterapia).

 

Durante o tratamento

- Detecção de toxicidade miocárdica, utilizando técnicas atuais como Ecocardiograma com strain miocárdico.

- Manejo de efeitos colaterais como arritmias, isquemia miocárdica, insuficiência cardíaca, eventos trombóticos e embólicos, pericardiopatias.

- Investigação de sintomas que possam estar correlacionados ao sistema cardiovascular.

 

Após o tratamento

- Acompanhamento do paciente focado em prevenção de eventos cardiovasculares relacionados ao tratamento quimioterápico ou radioterápico.

 

Please reload

Posts Em Destaque

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags